Cultura, Música, Road Music, Wanderlists

Xavier Rudd | Follow the Sun

Aquele tipo de música que precisamos ouvir de vez em quando…

“Follow, follow the sun
And which way the wind blows
When this day is done

Breathe, breathe in the air
Set your intentions
Dream with care
Tomorrow is a new day for everyone,
Brand new moon, brand new sun”

 

Cultura, Música

A Dona do Raio e do Vento | Maria Bethânia

Música, Road Music, Wanderlists

Charlie Winston | Like A Hobo

(Charlie Winston)

I’ve always known
Since I was a young boy
In this world, everything’s as good as bad
Now my father told me always speak a true word
And I have to say that is the best advice I’ve had
Because something burns inside of me
It’s everything I long to be
And lies they only stop me from feeling free

Like a hobo from a broken home
Nothing’s gonna stop me
Like a hobo from a broken home
Nothing’s gonna stop me

Oh, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah,

I’ve never yearned for anybody’s fortune
The less I have the more I am a happy man
Now my mother told me always keep your head on
Because some may praise you just to get what they want

And I said mama I am not afraid
They will take what they will take
And what would life be like without a few mistakes

Like a hobo from a broken home
Nothing’s gonna stop me
Like a hobo from a broken home
Nothing’s gonna stop me

Oh, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah,
Oh, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah

Like a hobo from a broken home
Nothing’s gonna stop me
Like a hobo from a broken home
Nothing’s gonna stop me

 

© Sony/ATV Music Publishing LLC

Cultura, Música, Notícias, Road Music, Wanderlists

Alice Merton | No Roots

 

(Nicolas Rebscher)

 

I like digging holes and hiding things inside them
When I’ll grow old I hope I won’t forget to find them
‘Cause I’ve got memories
And travel like gypsies in the night

Continue lendo “Alice Merton | No Roots”

Cultura, Música, Notícias, Original Content, Road Music, Wanderlists

A história por trás da road song “Me and Bobby McGee”, sucesso de Janis Joplin

Quem escuta os primeiros versos da música pode incorrer no erro de achar que trata-se apenas de uma canção-homenagem de beira de estrada gravada para algum ex-namorado. Mas a história não é bem essa…

Janis Joplin
Janis em ensaio fotográfico para a capa do álbum “Pearl”

 

Originalmente interpretada pelo cantor country Roger Miller, antes de compor “Pearl“, o álbum póstumo de Janis Joplin, de 1971, “Me and Bobby McGee” foi gravada por diversos artistas: Grateful Dead, Kenny Rogers and The First Edition e o próprio autor da música, Kris Kristofferson, em seu álbum de estreia “Kristofferson”, de 1970.

Continue lendo “A história por trás da road song “Me and Bobby McGee”, sucesso de Janis Joplin”

Música

Trabalivre | Tribalistas

O que dizer do álbum novo dos Tribalistas, que mal saiu e já consideramos tanto?!

(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Carminho / Marisa Monte)

Um dia minha mãe me disse:
“você já é grande, tem que trabalhar”
naquele instante aproveitei a chance
vi que eu era livre para me virar
fiz minha mala, comprei a passagem
o tempo passou depressa e eu aqui cheguei
passei por tudo que é dificuldade
me perdi pela cidade mas já me encontrei

Domingo boto meu pijama
deito lá na cama para não cansar
segunda-feira eu já tô de novo
atolado de trabalho para entregar
na terça não tem brincadeira
quarta-feira tem serviço para terminar
na quinta já tem hora extra
e na sexta o expediente termina no bar

Mas tenho o sábado inteiro pra mim mesmo
fora do emprego
pra me aprimorar

Sou easy, eu não entro em crise
tenho tempo livre
pra me trabalhar

 

Cultura, Música, Notícias

U2 revela nova música, “The Blackout”, com vídeo de performance ao vivo

Faixa deve integrar o disco Songs of Experience, sucessor de Songs of Innocence, que saiu em 2014

U2
Reprodução/Vídeo

Uma música nova do U2 enfim viu a luz do dia. “The Blackout”, publicada pela banda na página oficial do Facebook, ganhou vida nesta quarta, 30, em uma versão ao vivo, acompanhada por um vídeo em preto e branco de uma performance em um show.

Continue lendo “U2 revela nova música, “The Blackout”, com vídeo de performance ao vivo”

Música

De Nua | Sara Tavares & Ana Moura

(Música: Sara Tavares / Letra: Sara Tavares, Mário Lúcio de Sousa)

Sem chegar dizer adeus
Invadida pela voz do teu silêncio
Gritando minh’alma se veste de nua
Tua, lua
Sem querer desconseguida
Esquecida na partida encontrada
Sem asas voando, pairando nua
Tua, lua

Continue lendo “De Nua | Sara Tavares & Ana Moura”

Música, Road Music, Wanderlists

Latinoamérica | Calle 13

(Eduardo Cabra / Rafael Rafa Arcaute / René Pérez)

Soy, soy lo que dejaron
Soy toda la sobra de lo que se robaron
Un pueblo escondido en la cima
Mi piel es de cuero, por eso aguanta cualquier clima
Soy una fábrica de humo
Mano de obra campesina para tu consumo

Continue lendo “Latinoamérica | Calle 13”

Música, Road Music, Wanderlists

Heart of Gold | Neil Young

(Neil Young)

I wanna live, I wanna give
I’ve been a miner for a heart of gold
It’s these expressions I never give
Keeps me searching for a heart of gold
And I’m getting old
They keep me searching for a heart of gold
And I’m getting old

Continue lendo “Heart of Gold | Neil Young”

Geral

Arctic Monkeys – I Wanna Be Yours

(Alex Turner / John Cooper Clarke)

I wanna be your vacuum cleaner
Breathing in your dust
I wanna be your ford cortina
I will never rust
If you like your coffee hot
Let me be your coffee pot
You call the shots, babe
I just wanna be yours

Secrets I have held in my heart
Are harder to hide than I thought
Maybe I just wanna be yours
I wanna be yours, I wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours

Let me be your lacking meter
And I’ll never run out
Let me be the portable heater
That you’ll get cold without
I wanna be your setting lotion (wanna be)
Hold your hair in deep devotion (how deep?)
At least as deep as the pacific ocean
I wanna be yours

Secrets I have held in my heart
Are harder to hide than I thought
Maybe I just wanna be yours
I wanna be yours, I wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours
Wanna be yours

(Wanna be yours), I wanna be your vacuum cleaner
(Wanna be yours), breathing in your dust
(Wanna be yours), I wanna be your ford cortina
(Wanna be yours), I will never rust
(Wanna be yours), I just wanna be yours
(Wanna be yours), I just wanna be yours
(Wanna be yours), I just wanna be yours
(Wanna be yours)

Música, Road Music

Early In The Morning | James Vincent McMorrow

image

TRACKLIST


1. “If I Had a Boat”   4:09
2. “Hear the Noise That Moves So Soft and Low”   4:00
3. “Sparrow and the Wolf”   3:42
4. “Breaking Hearts”   4:48
5. “We Don’t Eat”   4:56
6. “This Old Dark Machine”   4:14
7. “Follow You Down to the Red Oak Tree”   3:28
8. “Down the Burning Ropes”   5:00
9. “From the Woods!!”   3:58
10. “And If My Heart Should Somehow Stop”   4:33
11. “Early In the Morning, I’ll Come Calling”   2:37

Continue lendo “Early In The Morning | James Vincent McMorrow”

Música, Road Music, Wanderlists

How Big, How Blue, How Beautiful – Florence + the Machine

image

TRACKLIST:


  1. Ship To Wreck
  2. What Kind Of Man
  3. How Big, How Blue, How Beautiful
  4. Queen Of Peace
  5. Various Storms & Saints
  6. Delilah
  7. Long & Lost
  8. Caught
  9. Third Eye
  10. St Jude
  11. Mother
  12. Hiding
  13. Make Up Your Mind
  14. Which Witch (Demo)
  15. Third Eye (Demo)
  16. How Big, How Blue, How Beautiful (Demo)

Continue lendo “How Big, How Blue, How Beautiful – Florence + the Machine”

Música, Road Music, Wanderlists

St. Jude | Florence + The Machine

(Florence Welch)

Another conversation with no destination
Another battle, never won
Each side is a loser
So who cares who fired the gun?

Continue lendo “St. Jude | Florence + The Machine”

Música, Road Music, Wanderlists

Enjoy the Silence | Depeche Mode

 

(Martin Gore)

“Words like violence
Break the silence
Come crashing in
Into my little world
Painful to me
Pierce right through me
Can’t you understand?
Oh, my little girl

Continue lendo “Enjoy the Silence | Depeche Mode”

Música, Road Music, Wanderlists

MTV Ao Vivo | Nando Reis & Os Infernais


TRACKLIST


1. Abertura (O Mundo é Bão, Sebastião)
2. O Mundo é Bão, Sebastião
3. A Letra ‘A’
4. O Segundo Sol
5. Mantra
6. Luz dos Olhos
7. Por Onde Andei
8. Marvin (Patches)
9. No Recreio
10. Quase Que Dezoito
11. Não Vou Me Adaptar
12. All Star
13. Meu Aniversário
14. Relicário
15. Os Cegos do Castelo
16. Pomar
17. Do Seu Lado
18. ‘Bônus Track’ – Mantra

Música

Blue Sunday | The Doors

 

I found my own true love was
On a blue Sunday.
She looked at me and told me
I was the only
One in the world.
Now I have found my girl.

My girl awaits for me in tender time.
My girl is mine.
She is the world.
She is my girl.

La, la, la, la, la.

My girl awaits for me in tender time.
My girl is mine.
She is the world.
She is my girl.

Música, Road Music, Wanderlists

Acústico no Rio de Janeiro | Natiruts

image


TRACKLIST


01 – Dentro da Música II (05:15)
02 – Groove Bom (03:38)
03 – Meu Reggae é Roots (03:21)
04 – Andei Só (04:22)
05 – Au de Cabeça (03:55)
06 – Vento, Sol, Coração (02:08)
07 – Reggae de Raiz (03:23)
08 – A Cor (04:01)
09 – Quero Ser Feliz Também (03:34)
10 – Supernova (04:01)
11 – Pérola Negra (Part. Especial: Luiz Melodia) (03:33)
12 – Glamour Tropical (03:53)
13 – Espero que um dia (04:25)
14 – Já chorei demais (03:26)
15 – Pedras Escondidas (04:57)
16 – Você Me Encantou Demais (03:35)
17 – O Carcará e a Rosa (03:28)
18 – Deixa o Menino Jogar (04:45)
19 – Liberdade Pra Dentro da Cabeça (04:15)
20 – Sorri , Sou Rei (Part. Especial: Sonia Savinelli) (05:13)
21 – Natiruts Reggae Power/Esperar o Sol (Part. Especial: Flora Matos) (04:32)

Continue lendo “Acústico no Rio de Janeiro | Natiruts”

Geral
https://www.tumblr.com/audio_file/superandarilho/101972513635/tumblr_nenbn312rY1qlblqs?plead=please-dont-download-this-or-our-lawyers-wont-let-us-host-audio

Bolívia

(Jorge Drexler)

Europa, 1939
Todos decían que no en las cancillerías
(Años de guerra caliente
Varios años antes de la guerra fría)

Todos decían que no
Cuando dijo que sí Bolivia

Berlín era un nido de ratas
El paladín de la bravata, gritaba
Llenaba estadios
De un árido erial de desvarío ario
Un árido erial de desvarío ario

Las puertas se iban cerrando
El tiempo colgaba de un pelo
Y aquel niño en los brazos de mis abuelos

Y el pánico era evidente
Y todo lo presagiaba:
El miedo ganaba cauce
Abría fauces, vociferaba
Y entonces llegó del frío
En pleno glaciar hiriente
Una insólita vertiente de agua tibia:

Todos decían que no
Cuando dijo que sí Bolivia

Y el péndulo viene y va
Y vuelve a venir e irse
Y tras alejarse vuelve
Y tras volver, se distancia
Y cambia la itinerancia
Y los barcos van y vienen
Y quienes hoy todo tienen
Mañana por todo imploran
Y la noria no demora
En invertir los destinos
En refrescar la memoria

Y los caminos de ida
En caminos de regreso
Se transforman, porque eso:
Una puerta giratoria
No más que eso, es la historia

Geral

Punctured bicycle
On a hillside desolate
Will nature make a man of me yet ?
When in this charming car
This charming man

Why pamper life’s complexities
When the leather runs smooth
On the passenger seat ?

I would go out tonight
But I haven’t got a stitch to wear
This man said "it’s gruesome
That someone so handsome should care”

A jumped-up pantry boy
Who never knew his place
He said “return the rings”
He knows so much about these things
He knows so much about these things

I would go out tonight
But I haven’t got a stitch to wear
This man said “it’s gruesome
That someone so handsome should care”
Oh, this charming man
Oh, this charming man

A jumped-up pantry boy
Who never knew his place
He said “return the ring”
He knows so much about these things
He knows so much about these things
He knows so much about these things

This Charming Man

(Johnny Marr / Morrissey)

http://youtu.be/cJRP3LRcUFg

Música, Road Music, Wanderlists

Ukulele Songs | Eddie Vedder

image

image

 

“Eddie Vedder, mais conhecido como vocalista e principal compositor do Pearl Jam, acaba de lançar Ukulele Songs, seu segundo disco solo. O título do álbum é uma perfeita descrição do seu conteúdo: uma coleção de músicas tocadas no ukulele (um instrumento havaiano de 4 cordas, semelhante ao cavaquinho). Por mais estranha e inusitada que a proposta pareça, o resultado é um trabalho surpreendente.

Continue lendo “Ukulele Songs | Eddie Vedder”

Geral
https://www.tumblr.com/audio_file/superandarilho/69999703206/tumblr_mxtaaefwgB1qlblqs?plead=please-dont-download-this-or-our-lawyers-wont-let-us-host-audio

El Condor Pasa (If I Could)

(Daniel Alomía Robles / Julio de La Paz. Versão: Simon & Garfunkel)

I’d rather be a sparrow than a snail
Yes, I would
If I could
I surely would

I’d rather be a hammer than a nail
Yes, I would
If I only could
I surely would

Away, I’d rather sail away
Like a swan that’s here and gone
A man gets tied up to the crown
He gives the world
Its saddest song

I’d rather be a forest than a street
Yes, I would
If I could
I surely would

I’d rather feel the earth beneath my feet
Yes, I would
If I only could
I surely would

Geral

“E até quem me vê lendo o jornal
na fila do pão sabe que eu te encontrei
E ninguém dirá que é tarde demais
que é tão diferente assim
Do nosso amor a gente é que sabe, pequena”

Último Romance | Los Hermanos
(Rodrigo Amarante)

Geral

“Você pode ter tudo no mundo e ainda ser o homem mais solitário. E esse é o tipo mais amargo de solidão, o sucesso trouxe-me idolatria mundial e milhões de libras. Mas ele me impediu de ter uma coisa que todos nós precisamos: uma relação amorosa permanente.” — Freddie Mercury

Happy Birthday, Freddie!

Geral

Parabéns à Clara Nunes!

(12/08/1942 – 02/04/1983)

“Pra você fui aventura
Você foi minha ilusão
Nosso amor foi uma jura
Que morreu sem oração

Ah, e agora, você passa,
eu acho graça
Nessa vida tudo passa
E você também passou”

Geral

Jorge Drexler & Maria Rita – Soledad

Soledad

(Jorge Drexler)

“Soledad,
Aqui están mis credenciales,
Vengo llamando a tu puerta
Desde hace un tiempo,
Creo que pasaremos juntos temporales,
Propongo que tú y yo nos vayamos conociendo.

Aquí estoy,
Te traigo mis cicatrices,
Palabras sobre papel pentagramado,
No te fijes mucho en lo que dicen,
Me encontrarás
En cada cosa que he callado.

Ya pasó,
Ya he dejado que se empañe
La ilusión de que vivir es indoloro.
Que raro que seas tú
Quien me acompañe, soledad,
A mi que nunca supe bien
Cómo estar solo.”

Solidão

“Solidão,
Aqui estão minhas credenciais,
Venho batendo na tua porta
Já faz um tempo
Acho que passaremos juntos temporadas,
Proponho que você e eu vamos nos conhecendo.

Aqui estou
Te trago minhas cicatrizes
Palavras sobre papel pautado
Não preste muita atenção no que dizem
Me encontrarás
Em cada coisa que calei

Já passou
Já deixei de me enganar com
A ilusão de que viver é indolor
Que estranho que seja você
Que me acompanhe, solidão
Logo eu, que nunca soube bem
Como é ficar sozinho”

image

Geral

Poema

(Cazuza / Roberto Frejat)

Eu hoje tive um pesadelo
E levantei atento, a tempo
Eu acordei com medo
E procurei no escuro
Alguém com o seu carinho
E lembrei de um tempo

Porque o passado me traz uma lembrança
Do tempo que eu era criança
E o medo era motivo de choro
Desculpa pra um abraço ou um consolo

Hoje eu acordei com medo
Mas não chorei, nem reclamei abrigo
Do escuro, eu via o infinito
Sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim

De repente, a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio, mas também bonito porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu há minutos atrás

Geral

Quase Famosos (Almost Famous) – Cameron Crowe

image

SINOPSE

Um fã ávido por rock’n’roll consegue um trabalho na revista americana Rolling Stone, para acompanhar a banda Stillwater em sua primeira excursão pelos Estados Unidos. Porém, quanto mais ele vai se envolvendo com a banda, mais vai perdendo a objetividade de seu trabalho e logo estará fazendo parte do cenário rock dos anos 70.

TRAILER

Literatura, Road Books, Wanderlists

Últimos Escritos | Jim Morrison

image


SINOPSE


“Este livro contém os escritos de Jim Morrison que os organizadores da sua obra — os casais Columbus e Pearl Marie Courson, e Frank e Katherine Lisciandro — encontraram dispersos pelos vários cadernos onde o vocalista dos Doors registrava poemas, projetos, aforismos e impressões de viagem […].”

Geral
https://www.tumblr.com/audio_file/superandarilho/49481409401/tumblr_mm79beUCCr1qlblqs?plead=please-dont-download-this-or-our-lawyers-wont-let-us-host-audio

Barão Vermelho – Amor, Meu Grande Amor

(Angela Ro Ro / Ana Terra)

Amor, meu grande amor
Não chegue na hora marcada
Assim como as canções
Como as paixões
E as palavras…

Me veja nos seus olhos
Na minha cara lavada
Me venha sem saber
Se sou fogo
Ou se sou água…

Amor, meu grande amor
Me chegue assim
Bem de repente
Sem nome ou sobrenome
Sem sentir
O que não sente…

Pois tudo o que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim, até o começo…

Amor, meu grande amor
Só dure o tempo que mereça
E quando me quiser
Que seja de qualquer maneira…

Enquanto me tiver
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Me reconheça…

Pois tudo que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo…

Amor, meu grande amor
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Por favor, me reconheça…

Pois tudo que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo…

Geral

George Harrison – My Sweet Lord

My sweet Lord
Hm, my Lord
Hm, my Lord

I really want to see you
Really want to be with you
Really want to see you, Lord
But it takes so long, my Lord

My sweet Lord
Hm, my Lord
Hm, my Lord

I really want to know you
Really want to go with you
Really want to show you Lord
BUt it won’t take long, my Lord (hallelujah)

My sweet Lord (hallelujah)
Hm, my Lord (hallelujah)
My sweet Lord (hallelujah)

Really want to see you
Really want to see you
Really want to see you Lord
Really want to see you Lord
But it takes so long, my Lord (hallelujah)

My sweet Lord (hallelujah)
Hm, my Lord (hallelujah)
My, my, my Lord (hallelujah)

I really want to know you (hallelujah)
Really want to go with you (hallelujah)
Really want to show you Lord(AhhhAhhhh)
But it won’t take long, my Lord (hallelujah)
Hm, hm (hallelujah)

My sweet Lord (hallelujah)
My, my, my Lord (hallelujah)

Hm, my Lord (hare krishna)
My, my, my Lord (hare krishna)
Hm, my sweet Lord (krishna krishna)
Hm, hm (hare hare)
Really want to see you (hare Rama)
Really want to be with you (hare Rama)
Really want to see you, Lord (AhhhAhhhh)
But it takes so long, my Lord (hallelujah)
Hm, my Lord (hallelujah)
My, my, my Lord (hare krishna)
My sweet Lord (hare krishna)
My sweet Lord (krishna krishna)
My Lord (hare hare)
Hm, hm (Gurur Brahma)
Hm, hm (Gurur Vishnu)
Hm, hm (Gurur Devo)
Hm, hm (Maheshwara)
My sweet Lord (Gurur Sakshaat)
My sweet Lord (Parabrahma)
My, my, my, my Lord (Tasmayi Shree)
My, my, my, my Lord (Guruve Namah)
My sweet Lord (Hare Rama)

(Hare krishna)
My sweet Lord (hare krishna)
My sweet Lord (krishna krishna)
My Lord (hare hare)

Geral

“Agora eu vou cantar pros miseráveis
Que vagam pelo mundo derrotados
Pra essas sementes mal plantadas
Que já nascem com cara de abortadas

Pras pessoas de alma bem pequena
Remoendo pequenos problemas
Querendo sempre aquilo que não têm

Pra quem vê a luz
Mas não ilumina suas minicertezas
Vive contando dinheiro
E não muda quando é lua cheia

Pra quem não sabe amar
Fica esperando
Alguém que caiba no seu sonho
Como varizes que vão aumentando
Como insetos em volta da lâmpada

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

Quero cantar só para as pessoas fracas
Que tão no mundo e perderam a viagem
Quero cantar o blues
Com o pastor e o bumbo na praça

Vamos pedir piedade
Pois há um incêndio sob a chuva rala
Somos iguais em desgraça
Vamos cantar o blues da piedade

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem”

Blues da Piedade

(Cazuza / Frejat)

Parabéns, Cajú!!

Geral

Janis Joplin em Copacabana. Se estivesse viva, hoje a cantora completaria 70 anos.

Considerada a “Rainha do Rock and Roll” e “a maior cantora de blues e soul da sua geração”, foi influenciada por grandes nomes do jazz e do blues, fazendo de sua voz a sua característica mais marcante, tornando-se um dos ícones do rock psicodélico e dos anos 60.

Ela foi eleita o garoto mais feio do colégio. Desde cedo abusava no uso de uísque, maconha, anfetaminas, ácido, tabaco, vodca, cocaína, metadona, heroína. Seu único namorado fixo morreu no Vietnã. Ela arrancava as roupas no palco e costumava reclamar que, depois de “fazer amor” com mil pessoas num show, voltava para seu quarto e dormia sozinha.

Cultivando uma postura rebelde, Joplin se vestia como os poetas da geração beat. Mudou-se do Texas para San Francisco em 1963 e trabalhou como cantora folk. Por volta desta época seu uso de drogas aumentou. Janis sempre bebeu muito e sua preferida era a bebida Southern Comfort. O uso de drogas chegou a ser mais importante para ela do que sua carreira como cantora, arruinando sua saúde.

Janis Joplin esteve no Brasil em fevereiro de 1970, na tentativa de se livrar do vício da heroína. Durante a sua estadia, fez topless na praia de Copacabana, bebeu muito, cantou em um bordel, foi expulsa do Hotel Copacabana Palace por nadar nua na piscina e quase foi presa, pelas suas atitudes na praia terem sido consideradas “fora do normal”. Como estava na época do carnaval, tentou participar de um desfile de escola de samba, porém teve seu acesso negado por um segurança que desconfiou de sua aparência hippie. Janis também teve uma breve, porém intensa, relação amorosa com o rockeiro brasileiro Serguei.

No dia 3 de outubro de 1970, Janis visitou seu estúdio em Los Angeles e pela noite foi para o hotel. No dia das gravações (4 de outubro) não apareceu no estúdio, então o empresário John Cooke foi procurá-la, encontrando-a morta, vítima de overdose de heroína possivelmente combinada com álcool. Sua morte ocorreu quando tinha apenas 27 anos e suas cinzas foram espalhadas pelo Oceano Pacífico.

Foto: Revista Trip
Texto de Diego Vieira
Administração Imagens Históricas

Música, Road Music, Wanderlists

Californication (Red Hot Chili Peppers)

image

image

Californication é o sétimo álbum de estúdio da banda norte-americana de rock Red Hot Chili Peppers. Produzido por Rick Rubin e lançado em 8 de Junho de 1999 pela Warner Bros. Records, Californication marcou o retorno do guitarrista John Frusciante à banda. Frusciante, que havia aparecido em Mother’s Milk e Blood Sugar Sex Magik, substituiu Dave Navarro.

Californication representou uma notável mudança no estilo musical que era produzido com Navarro. Greg Tate, da Rolling Stone, notou que “enquanto os projetos anteriores dos Chili Peppers foram altamente divertidos, Californication se atreve a ser espiritual e epifânico. Os assuntos do álbum incorporaram diversas insinuações sexuais, comumente associadas com a banda; todavia, os temas abordados são mais variados em relação às produções anteriores. Luxúria, morte, suicídio, drogas, globalização e viagens são alguns dos temas presentes em Californication.

É o álbum mais bem-sucedido comercialmente do Red Hot Chili Peppers, tendo vendido mais de 16 milhões de cópias ao redor do mundo, com mais de cinco milhões de cópias vendidas somente nos Estados Unidos Em 2002, o álbum havia vendido mais de quatro milhões de cópias na Europa.
De Californication saíram alguns dos principais sucessos da banda, como “Otherside”, “Californication” e a vencedora do Grammy “Scar Tissue”. O álbum atingiu a terceira posição da Billboard 200 nos Estados Unidos.

Música, Road Music, Wanderlists

The Best of 1980-1990 | U2

imageU2-The_Best_Of_1980-1990_y_B-Sides-Trasera

The Best of 1980-1990 é o primeiro greatest hits ao estilo de coletânea musical da banda de rock irlandesa U2, lançada em 10 de novembro de 1998. Ele contém principalmente singles de sucesso do grupo a partir da década de 1980, mas também mixagens em algumas canções ao vivo, bem como uma nova gravação. Em abril de 1999, um vídeo acompanhado com o CD, apresentando vídeos musicais e imagens ao vivo, foi lançado. O álbum foi seguido por outra coletânea, The Best of 1990-2000 (2002).

Continue lendo “The Best of 1980-1990 | U2”