Portugal

Mar Português

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu

– Fernando Pessoa

Poeta, escritor, publicitário, astrólogo, crítico literário, inventor, empresário, tradutor, correspondente comercial, filósofo e comentarista político português


Astrolábio-Árabe

2016


PREPARATIVOS


 CAPÍTULO 1 – FARO

1.1 UMA “ILHA DESERTA” EM PLENO ALGARVE?


CAPÍTULO 2 – LISBOA, ESTORIL E CASCAIS

2.1 BOCA DO INFERNO

2.2 BAIRRO ALTO (EM BREVE)


CAPÍTULO 3 – ÉVORA


CAPÍTULO 4 – SINTRA (EM BREVE)

4.1 CASTELO DOS MOUROS (EM BREVE)

4.2 MIRADOR DE SANTA EULÁLIA (EM BREVE)

4.3 QUINTA DA REGALEIRA (EM BREVE)

4.4 CABO DA ROCA (EM BREVE)

4.5 MOINHO DOM QUIXOTE (EM BREVE)


CAPÍTULO 5 – PORTO (EM BREVE)

5.1 PONTE LUÍS I (EM BREVE)

5.2 RIBEIRA (EM BREVE)

5.3 ESTAÇÃO SÃO BENTO (EM BREVE)

5.4 SÉ DO PORTO (EM BREVE)

5.5 TORRE DOS CLÉRIGOS (EM BREVE)

5.6 VILA NOVA DE GAIA (EM BREVE)


CAPÍTULO 6 – COIMBRA (EM BREVE)

6.1 GALERIA BAR SANTA CLARA (EM BREVE)

6.2 MANDARIM (EM BREVE)

6.3 ESCADAS (FRIAS E) MONUMENTAIS (EM BREVE)


 IMPRESSÕES (EM BREVE)

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s