Archetypal Branding, Original Content

Arquétipo 06 | O Mago

O Mago também é conhecido como visionário, catalisador, inovador, líder carismático, mediador, xamã, agente de cura ou curandeiro. Ajuda as pessoas a influírem na transformação.

Quando o arquétipo do Mago está ativo nos indivíduos, eles são catalisadores da mudança. Os Magos são motivados pelo desejo de transformação pessoal e pela oportunidade de mudar as pessoas, as organizações e a época. Eles apreciarão se você lhes oferecer experiências transformadoras, mas o maior lucro surge quando você consegue ajudar um cliente a aperfeiçoar a si mesmo.

Continue lendo “Arquétipo 06 | O Mago”

Archetypal Branding

Arquétipo 05 | O Fora da Lei

O Fora da Lei é conhecido como o rebelde, o revolucionário, o vilão, o selvagem, o desajustado, o inimigo, ou o iconoclasta. Ajuda as pessoas a quebrarem regras.

O Fora da lei tem a sedução do fruto proibido. Ele contém em si as qualidades sombrias da cultura, ou seja, as qualidades que a sociedade desdenha e negligencia. Este arquétipo libera as paixões reprimidas da sociedade. Quando a consciência do Fora da lei está presente, as pessoas têm uma percepção mais aguda dos limites que a civilização impõe à expressão humana.

Continue lendo “Arquétipo 05 | O Fora da Lei”

Archetypal Branding

Arquétipo 04 | O Herói

O Herói também é conhecido como o guerreiro, o cruzado, o libertador, o super-herói, o soldado, o atleta vencedor, o matador de dragões, o competidor e o jogador de equipe. Ajuda as pessoas a agirem corajosamente.

Quando o arquétipo do Herói está ativo em uma pessoa, ela se fortalece com o desafio, se sente ultrajada pela injustiça e responde rápida e decisivamente à crise ou à oportunidade.

Continue lendo “Arquétipo 04 | O Herói”

Archetypal Branding

Arquétipo 03 | O Sábio

O Sábio também é conhecido como especialista, erudito, detetive, oráculo, analista, conselheiro, filósofo, pesquisador, pensador, planejador, profissional, mentor, professor, contemplativo. Ajuda as pessoas a compreenderem o mundo em que vivem.

Quando o arquétipo do Sábio predomina no caráter do indivíduo, há constante motivação e interesse pelo aprendizado. Para o Sábio, o principal receio que pode ocorrer é o de ser enganado por informações irreais ou falsas, o que acarretaria uma má interpretação de situações.

Continue lendo “Arquétipo 03 | O Sábio”

Archetypal Branding

Arquétipo 02 | O Explorador

O Explorador também é conhecido como buscador, aventureiro, iconoclasta, andarilho, individualista, peregrino, descobridor, anti-herói, rebelde. Ajuda as pessoas a manterem a independência.

Quando o arquétipo do Explorador está ativo no cliente, seu chamado é para explorar o mundo e, nesse processo, encontrar a si mesmo para poder saber quem ele é.

Continue lendo “Arquétipo 02 | O Explorador”

Archetypal Branding

Arquétipo 01 | O Inocente

O arquétipo do Inocente também é conhecido como Poliana, utópico, tradicionalista, ingênuo, místico, santo, romântico, sonhador. Ajuda as pessoas a manterem ou renovarem a fé.

Quando o Inocente está ativo em uma pessoa, ela é atraída para a certeza, para ideias positivas e esperançosas, para imagens simples e nostálgicas, para promessa de resgate e redenção.

Continue lendo “Arquétipo 01 | O Inocente”

Archetypal Branding

Archetypal Branding | Gestão Arquetípica de Marcas

Em 1991, Carol Pearson publicou uma obra relacionada ao inconsciente coletivo e arquétipos. Foi no livro O Despertar do Herói Interior que Pearson, depois de anos de estudos tendo como principal fonte de referência os trabalhos de Jung, apresentou para o mundo os chamados 12 arquétipos, decorrentes de uma análise de âmbito psicológico. Em O Herói e o Fora-da-Lei, de 2001, a autora apresentou com Margaret Mark o conceito de Gestão de Significado da Marca ou Archetypal Branding:

Continue lendo “Archetypal Branding | Gestão Arquetípica de Marcas”

Archetypal Branding

Archetypal Branding | Gestão de Marcas & Storytelling

Dando prosseguimento ao assunto, vocês certamente já ouviram falar em Gestão de Marcas, não é mesmo? Não?! E Branding? Ah, sim! São sinônimos… E Storytelling? Aquele lance de utilizar narrativas para envolver sua audiência?

Americanismos à parte, em vez de fazer um longo post escrito sobre isso, optei por utilizar uma pequena apresentação sobre esses temas e fazer um vídeo. [O áudio não está lá essas coisas então, desde já, me perdoem! Vamos trabalhar nisso! Risos]

Continue lendo “Archetypal Branding | Gestão de Marcas & Storytelling”

Archetypal Branding

Archetypal Branding | Introdução

Nas minhas últimas férias, no longínquo final de 2016, eu iniciei a leitura de um livro que seria um divisor de águas na minha vida de diversas maneiras. Na correria das férias e dos deslocamentos que fizemos entre a Espanha, Portugal e Marrocos, eu tirei um tempinho para começar a ler O Herói e o Fora-da-Lei, de Margaret Mark e Carol S. Pearson.

O Heroi e o Fora da Lei

 

Baseado nos trabalhos de Carl Gustav Jung, psicanalista suíço, e em algumas teorias do mitologista Joseph Campbell, o livro basicamente faz uma ponte entre as marcas de maior sucesso junto ao público com a utilização dos arquétipos universais conhecidos desde a antiguidade e popularizados durante o século XX por Jung.

O material é tão interessante que acabei utilizando o mesmo livro para compor o meu Trabalho de Conclusão de Curso do MBA. Devido ao tempo apertado, o trabalho não ficou lá essas coisas, mas continuei trabalhando no material e resolvi compartilhar algumas informações importantes para quem tem interesse em assuntos como Branding,  Marketing e Gestão do Significado de uma marca.

Continue lendo “Archetypal Branding | Introdução”